Plantas e Flores: Família dos Rododendros

Para quem gosta de plantas e flores estudar sobre elas é mais do que um passatempo, é poder entender como funciona este universo tão particular que é o da flora universal. E, saber um pouco mais sobre elas é também  um passo importante para quem quer plantar uma nova muda no jardim de casa ou até mesmo no bairro onde mora.

Uma boa pedida tanto a título de estudo quanto para plantação são os rododendros. Pertencente a família das aricaceas, os rododendros são plantas que contemplam mais de 1000 tipos distintos distribuídos pelo mundo afora. Dentre este número suntuoso de rododentros estão também todas as formas híbridas que foram manipuladas pelas mãos humanas e as azaléias. Há também algumas epífitas, nativas das regiões de clima temperado do hemisfério norte, mais especificamente do Himalaia, de onde a planta rododendro é originária.

Os rododentros se apresentam na forma de planta, árvore, arbusto, e até mesmo em forma de bonsai, a tradicional árvore oriental. Seu tamanho é muito variável: vai desde as espécies nomeadas como anãs até as que atingem cerca de 18 metros de altura. Contudo, como a maioria são arbustos que embelezam os jardins pelo mundo afora, em média ficam entre 1,5 a 3,0 metros de altura.

As folhas dos rododendros podem ser de dois tipos – as caducas ou persistentes.  Nos rododentros também há flores de cores bastante variadas, indo do branco, rosa, lilás, vermelho e até tons azulados. Variam também enquanto formas. Podem ser afuniladas, tubulares, em forma de sino ou arredondadas. Nascem em cachos ou individualmente.

Quanto ao plantio, os rododentros devem ser plantados no período do outono se estendendo até a primavera. É necessário que haja bastante cuidado ao escolher o local onde os rododendros crescerão, pois se trata de uma planta que ao ocupa bastante especo quando adulta. O solo para o bom desenvolvimento deve ser ácido e bem drenado e de preferência conter um bom terriço de folhas. Os rododentros não demandam de cuidados especiais, no entanto, eles contêm uma toxina que pode ser tóxica para alguns tipos de animais, então é bom evitar que cavalos, por exemplo, se alimentem das flores destes arbustos.


Categoria: Plantas | Tags: , |