O que é o Alecrim?

Aromática, usada em infusões, na culinária, o alecrim é uma planta pertencente à família dos rosmarinus, cuja origem se dá na região do Mediterrâneo.

O alecrim é uma planta-arbusto que pode alcançar até 1,5 metros de altura. Também é uma planta que gosta, além de se desenvolver muito bem, em solo do tipo mais calcariano. Na antiguidade, os romanos já se apropriavam largamente dos usos possíveis do alecrim além de o chamarem de rosmaninho, que em latim significa “Orvalho do mar”.

Embora muita gente conheça diversas outras plantas similares como “alecrim”, o verdadeiro é de uma forma muito particular, bem como coloração e inserção de flor em seu arbusto, os quais são sempre muito ramificados, de coloração muito verde, com hastes lenhosas, folhas pequenas e finas, opostas, lanceoladas. A parte inferior das folhas é de cor verde-acinzentada, enquanto a superior é verde brilhante. As flores aparecem em espiguilhas, as quais são terminais, de cor azul, chegando a ser esbranquiçada. O fruto é conhecido como aquênio. A planta alecrim também floresce praticamente o ano inteiro e não necessita de cuidados especiais, principalmente se forem plantados como adornos em jardins.

De aroma inconfundível, o alecrim é ingrediente que não pode faltar em diversos pratos, em especial carnes. Ainda é possível visualizar o uso do alecrim em rituais religiosos. Em alguns locais do mundo, o uso do alecrim também se dá na indústria cosmética, na produção de colônias e perfumes, uma vez que contêm substâncias que são altamente qualificadas para tal como tanino, óleo essencial, pineno, cânfora e outros princípios ativos que lhe conferem propriedades excitantes, tônicas e estimulantes.

A flor que nasce no alecrim é largamente apreciada pelas abelhas.

Também é uma planta que de grande porte estético, muito apreciada por pessoas que gostam de ter em seus jardins plantas mais aromáticas. Como tolera bem solos mais secos, pode ser plantada em regiões mais quentes. É ainda de fácil cultivo, e não exige cuidados técnicos para que cresça bem e sem qualquer tipo de pragas em suas raízes e caule. E a partir do corte de um ramo de 10 ou 15 centímetros, obtém-se uma nova planta.


Categoria: Temperos | Tags: , |