Natal, Cidade Linda com Muitos Pontos Turísticos

Natal foi fundada pelos portugueses no século 16, com a construção do Forte dos Reis Magos. Figura semelhante ao de uma estrela de cinco pontas, é um dos principais cartões-postais da cidade.

ACESSO:
A melhor maneira de circular por Natal e conhecer as dezenas de atrativos nos seus arredores é de carro.

COMO CIRCULAR
Aconselhável alugar um carro – de preferência um bugue – para circular pela capital e arredores.

ONDE FICAR
Há bastante pousadas e Hotéis em torno de Genipabu, com preços variados. Ponta Negra, Pirangi do Norte, Parque das Dunas, Ponta Negra, Praia dos Artistas, Capim Macio, Ponta Negra.

ONDE COMER
Ponta Negra, disputada durante o dia, há muitos quiosques, quando o sol se põe, é possível verificar os melhores bares e quiosques. O cardápio é cheio de delícias típicas da culinária regional à base de frutos do mar, carne-de-sol, feijão verde, arroz-de-leite.

QUANDO IR
O verão é a melhor época para curtir as praias e o burburinho de Nata.
Em dezembro e janeiro acontecem as principais festas da cidade, como o Carnatal e os tradicionais festejos religiosos como a Folia de Santos Reis. A região tem sol e calor boa parte do ano, sendo o período de chuvas entre março e julho.

SUGESTÃO DE ROTEIROS
Litoral Norte os destaques são as dunas de Genipabu e as lagoas de Jacumã e Pitangui, aonde são praticados o esquibunda e o aerobunda. Ao Sul, as pacíficas praias da região levam à vila de Pipa, a 90 quilômetros.

Os turistas fazem passeios na corcova de dromedários. O trajeto finaliza na praia de Genipabu é tranquila e protegida por uma coluna de recifes, não é tão bonita em função das águas turvas.

Dizem que quem vai para Natal e não faz o passeio de Bugue nas dunas é igual ir para o Rio de Janeiro e não ver o Cristo Redentor.

Centro de Turismo um casarão onde funcionou a cadeia pública, os destaques são os delicados bordados em renda de labirinto e os coloridos trabalhos em cerâmica.

 


Categoria: Turismo | Tags: , , , , , |