Conheça os Melhores Vinhos da França e sua História

Publicidade:

Saiba um pouco mais sobre os melhores vinhos franceses.

O vinho é tradicionalmente uma bebida que tem profundas ligações com a cultura do povo francês, sendo inclusive motivo de orgulho entre eles e prestígio no mundo inteiro. Os vinhos franceses possuem uma qualidade excepcional e inconfundível. Há uma diversidade incomum na produção a partir de suas vinícolas e diversos tipos de vinhos que podem ser escolhidos para a degustação refinada e apropriada a todas as ocasiões, as quais tiveram início, segundo os historiadores desde 1.000 a.c., quando os gregos fundaram Marselha e lá iniciaram o plantio das primeiras vinícolas, cujo intuito seria extrair uvas para a produção do vinho.

Os vinhos franceses possuem uma classificação um pouco peculiar em relação aos demais vinhos, a qual o distingue dos outros bons vinhos que são produzidos no mundo. Uma delas é o conceito de terroirs – uma seleção de uvas produzidas em determinada extensão de terra e destinada para a produção da bebida – além disso, inclui-se o local onde o vinho será envelhecido, ou numa cave, ou num barril. Este conceito exclusivo dos franceses é o que garante a personalidade ao vinho, seu sabor inigualável e seu envelhecimento. Para que um enófilo conheça bem os vinhos franceses é muito importante que ele saiba distinguir entre as diversas denominações ligadas à produção de uvas, além de conhecer sobre as vinícolas francesas.

As melhores safras de vinhos franceses são provenientes das regiões de Borgonha e Bordeaux, consideradas inclusive como sendo duas antípodas – já que os vinhos produzidos nestas duas regiões vinícolas são muito distintos entre si, porém são mantidas as mesmas concepções de qualidade tanto na produção quanto no resultado final.

Em Borgonha, havia fundamentalmente a presença de diversas abadias e, os clérigos obtinham por meio de técnicas que somente eles dominavam safras de excepcional qualidade. Com o passar do tempo, a região foi sendo dividida em pequenas propriedades privadas de terra e, o culto da produção do vinho foi sendo mantida e perdura até hoje. De lá saem os vinhos mais delicados e mais suaves, e com até mesmo mistura de sabores mais adocicados.

Já a região de Bordeaux, onde a influência da igreja foi relativamente menor que em Borgonha, os vinhos desde aqueles tempos, já eram produzidos com um sabor mais encorpado, forte e intenso. Muito enófilos argumentam que para se escolher entre os mais diversos tipos de vinhos franceses é importante considerar o ‘feminino e o masculino’. Se deseja vinhos mais encorpados, opte pelos produzidos nas vinícolas de Bordeaux, já se o paladar for mais suave, prefira os de Borgonha.


Categoria: Vinhos | Tags: , , , , |